Bençãos irão ao Seu Encontro

Bênçãos para os obedientes

1. Moisés disse ao povo:
— Se vocês derem atenção a tudo o que o Senhor, nosso Deus, está dizendo a vocês e se obedecerem fielmente a todos os seus mandamentos que eu lhes estou dando hoje, Deus fará com que sejam mais poderosos do que qualquer outra nação do mundo.
2. Obedeçam ao Senhor Deus, e ele lhes dará todas estas bênçãos:
3— Deus os abençoará nas cidades e nos campos.
4— Deus os abençoará dando-lhes muitos filhos, boas colheitas e muitas crias de gado e de ovelhas.
5— Deus os abençoará com boas colheitas de trigo e de cevada e com muita comida.
6— Deus os abençoará em tudo o que fizerem.
7— Quando os inimigos atacarem, o Senhor Deus os destruirá na presença de vocês. Eles atacarão juntos, em ordem, mas fugirão para todos os lados, em desordem.
8— O Senhor, nosso Deus, abençoará vocês em tudo o que fizerem e lhes dará tanto trigo, que os seus depósitos ficarão cheios. Ele os abençoará ricamente na terra que está dando a vocês.
9— Se obedecerem a todas as leis do Senhor, nosso Deus, e cumprirem todas as suas ordens, ele fará com que sejam o seu único povo, o povo escolhido, como prometeu com juramento a vocês.
10. Todos os outros povos do mundo verão que vocês pertencem a Deus, o Senhor, e terão medo de vocês.
11. Ele lhes dará muitos filhos, muitos animais e boas colheitas na terra que está dando a vocês, de acordo com o juramento que fez aos nossos antepassados.
12. Deus abrirá o céu, onde guarda as suas ricas bênçãos, e lhes dará chuvas no tempo certo e assim abençoará o trabalho que vocês fizerem. Vocês emprestarão a muitas nações, porém não tomarão emprestado de ninguém.
13. Se obedecerem fielmente a todos os mandamentos do Senhor Deus que hoje eu estou dando a vocês, ele fará com que fiquem no primeiro lugar entre as nações e não no último; e fará também com que a fama de vocês sempre cresça e nunca diminua.
14. Não se desviem desses mandamentos que hoje eu estou dando a vocês, nem para um lado nem para o outro, e nunca adorem nem sirvam outros deuses.

Perdão, Conheça Agora o Maior PADRÃO CELESTE PARA LIBERAR BENÇÃOS

Feliz Natal, aproveite esse momento e reflita NA ORAÇÃO mais conhecida no Mundo, a oração Modelo que Jesus deixou para que eu e você, aprendêssemos o PADRÃO CELESTE PARA LIBERAR BENÇÃOS, 

Esse Maravilhoso Padrão, tem um nome: Chama-se Perdão, onde tudo começa.

Estude a Oração do Pai Nosso, e veja o detalhe essencial que Jesus ensina no final da Oração, que está no Versículo 12: para receber o perdão de DEUS para as falhas, erros e ofensas que muitas vezes causamos, precisamos LIBERAR O PERDÃO.

Se esforce com Deus, se possível ainda hoje ligue para alguém que você tenha conflitos, problemas, aborecimentos ou até chateações, porém PERDOE, e verás o CÉU se abrindo, como é nos ensinado em Mateus 6:9-15, não perca a oportunidade, o Natal tem essa essência.

Jesus te ama e espera que você negue a si mesmo, vença o orgulho e alcance TUDO o que Deus tem para Você:

Mateus 6:v9. Portanto orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus; santificado seja o teu nome;
v10. venha o teu reino; seja feita a tua vontade, assim na terra, como no céu.
v11. O pão nosso de cada dia nos dá hoje;
v12. e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores;
v13. e não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal.
v14. Pois se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará;
v15. mas se não perdoardes aos homens, tão pouco vosso Pai perdoará as vossas ofensas.
Mateus 6:9-15

 

Viva o Show de Poder em sua Vida.

Mais Referências:

Oração do Senhor, também conhecida como o Pai Nosso, é talvez a oração mais conhecida do cristianismo. Duas versões dela ocorrem no Novo Testamento, uma no Evangelho de Mateus (Mateus 6:9-13) como parte do discurso sobre a ostentação, uma secção do Sermão do Monte; e a outra no Evangelho de Lucas (Lucas 11:2-4).

O contexto da oração em Mateus é uma parte de um discurso, sobre um povo sofrido que ora grandiosamente, simplesmente com a finalidade de ser visto orando; Mateus descreve Jesus ensinando as pessoas à orar “após a fórmula” dessa oração. Tendo em conta a estrutura da oração, fluxo de sujeito e ênfases, uma interpretação da Oração do Senhor é como uma orientação sobre como orar em vez de aprender algo ou repetir por hábito. Há outras interpretações sugestivas que a oração foi concebida como uma oração específica à ser usada. O Novo Testamento relata Jesus e seus discípulos orando em várias ocasiões; mas nunca os descreve usando essa oração, é incerto o quão importante ela foi originalmente vista e tida.

mais detalhes: http://pt.wikipedia.org/wiki/Pai_Nosso